Arquivo da tag: Chat

Chats

Padrão

windows-live-messengerEntão, ontem a insônia bateu a minha porta novamente. Tô sem SKY no meu quarto, a SKY da sala tá desligada (a casa tá uma bagunça, sendo pintada e ontem era justamente o dia da sala de TV), em resumo: não tinha nada pra fazer e eu já tava enjoada de assistir os dvd’s da 5ª temporada do House. Fazer o quê? Navegar pela web…Tuitei, tuitei, tuitei, virei, mexi, futriquei, cuidei da minha fazendinha. Até que não tinha mais absolutamente nada de interessante pra fazer.Resolvi entrar no Bate-papo da UOL. Sim, meus caros telespectadores, o que uma insônia não pode chegar a fazer com uma pessoa, não?? Detalhe que, lá pelos idos de 1998/1999 eu era frequentadora assídua da Sala Belém 1 deste chat. Na época, fiz amizades ótimas, até curti um “romancezinho virtual super fofo” com o Rodrigo, de São José dos Campos, com direito a viagens dele pra cá e minha pra lá, altos telefonemas, e-mails, cartões virtuais e cartinhas apaixonadas e tudo o mais a que se tinha direito. Foi um tempo gostoso da vida, aquilo tudo era novo demais, EU era nova demais, conhecer pessoas virtualmente era novidade, não se tinha as webcams com tanta facilidade, enfim……Aliás, num geral, minhas experiências de conhecer pessoas pela internet e fazê-las transitar da minha vida virtual para a real, eu diria que é boa. Considerando que um dos grandes amores da minha vida, o M., eu conheci num chat do (finado) IRC.Esse cara entrou na minha vida e arrebatou meu coração de uma forma, no auge dos meus 18 aninhos…*suspiro*….Mas, então, voltando a realidade…além dele, teve outras pessoas que conheci assim, pelos chats, canais do mIRC, ICQ e MSN’s da vida e que passaram, com muito prazer, para o meu mundinho real. Alguns permanecem até hoje nele… Hoje, entendo isto desta forma, mas durante um tempo tinha vergonha de dizer que conhecia pessoas virtualmente,não sei dizer exatamente o porque. Bobagem, eu acho.

Da minha aventura pelo chat da UOL ontem, o que pude deduzir é que:

  • hoje em dia, se busca muito mais sexo, do que qualquer outra coisa (na boa, nunca entendi qual a graça de sexo virtual, mas tudo bem!);
  • o povo entra no chat, mas o papo acaba rolando mesmo no Messenger.Se o cara for bacana,ok.Se vier logo com um “Oi gatinha!Quer tc?”, a gente dá uma bloqueada básica nele e fica tudo bem;
  • a maioria não se contenta mais apenas em teclar, mas querem logo ver você (acho estranhão isso!);
  • tem muuuuito gay e lésbica;
  • tem muuuuuito cara casado querendo pular a cerca virtual.

Fora isso, de uns 10 caras que vem falar com você, se 1 se salvar, é muito. Mas, acho que ontem era meu dia de sorte, e acabei “conhecendo” um cara que me rendeu um ótimo papo até + ou- 4h30 da manhã, e que deixou com gosto de quero mais.

A coisa dura foi ter que acordar pra ir trabalhar depois de 2 horas e 1/2 de sono, apenas. Mas nada que um bom banho e uma boa maquiagem não resolvesse. O mais interessante é que, ao longo de todo o meu dia de hoje, em diversos momentos me peguei distraída, pensando na conversa……Cheguei até a me sentir meio Meg Ryan em “Mensagem para você”, uma hora que tava parada no sinal e fiquei imaginando se ele não estaria no carro do lado, ou quem sabe atravessando a rua…hahahahah

No que isso vai dar? E eu lá sei!!! Mesmo porque,não foi com outra intenção a não ser de passar o tempo e ter sono que entrei no chat. Além do mais, tanto eu quanto ele estamos comprometidos. Mas só o que sei dizer é que tô torcendo muito pra ele entrar no Messenger logo…. 😉