Arquivo da tag: inesperado

Apaixonei!

Padrão

Heart_Full_of_Stars_by_silverbeam Então, galerinha…acontece que eu me apaixonei. É, isso mesmo…! E sabe o que é mais interessante e intrigante? É que tudo aconteceu meio que do nada! Quando eu menos esperava…quando eu menos imaginava e, pior, quando eu menos queria!

Ainda estava machucada, ferida doída, magoada…estava me recuperando, me reconstruindo, juntando alguns cacos do meu coração, dando um descanso pra ele, e pra mim também. Estava centrada em mim, focada na minha profissão, pensando em apenas curtir a solteirice, a liberdade, e sair e me divertir e conhecer gente nova, e curtir os amigos e a família, porto seguro para todas as horas…mas, daí, BOOM!!! Aconteceu!

Num domingo qualquer, numa festa qualquer, ao som de um reggae qualquer…eu bem que tentei resistir, me fechar, não romantizar…mas, não deu! Foi mais forte que eu! Quem, em pleno século XXI e aos 28 anos de idade ainda é pedida em namoro, como se fosse uma menina sentada no banco da escola na hora da saída?? EU!! =) Não resisti ao pedido, e disse SIM! Não resisti aos carinhos, aos abraços, aos telefonemas inesperados, às declarações, às surpresinhas…O melhor de tudo issoé que eu estou bem e feliz, como já fazia um tempo que eu não me sentia! Calma, tranquila…mesmo com os outros problemas que insistem em rodear nossa cabeça, afinal, a vida não é perfeita não é mesmo? Mas, quando se tem alguém do seu lado com quem você sabe que pode contar, que é seu cúmplice e que também te dá colo quando você precisa, confesso que enfrentar os tais problemas é bem mais simples.

Não vou dizer que ele é perfeito, porque não existe ninguém assim, e eu já passei da fase de acreditar que existem príncipes encantados. Mas que ele tem (quase) tudo o que eu quero e gosto em um homem, ah, isso ele tem…!

E…é isso!

QUE SEJA ETERNO, ENQUANTO DURE! =D

Anúncios

O dia mais importante da vida.

Padrão

“Não dá pra saber qual dia será o mais importante da sua vida. Os dias que você pensa serem importantes…Nunca atingem a proporção imaginada. São os dias normais, o que começam normalmente e acabam se tornando os mais importantes. Nunca se sabe qual é o dia mais importante da sua vida. Não até ele aconteça. Você não reconhece o dia mais importante da sua vida até que esteja no meio dele. O dia que você se compromete com algo ou alguém. O dia que você tem seu coração partido. O dia que você conhece sua alma-gêmea. O dia que você se dá conta que não há tempo suficiente, porque você quer viver pra sempre. Esses são os dias mais importantes. Os dias perfeitos.”

Antes de ler este escrito que copiei aí em cima, eu nunca havia parado pra pensar nisso: como os dias mais importantes das nossas vidas não tem como ser previstos nem planejados.

Sim, tudo bem, eu sei que há dias importantes e para os quais a gente se planeja e já espera que sejam  exatamente isso: um dia importante. O dia do casamento. O dia do nascimento de um filho. O dia da formatura. O primeiro dia num grande emprego. E por aí vai…Só que, como bem expõe o texto lá de cima, esses dias, os dias que nós achamos que serão importantes e para os quais nós nos preparamos e planejamos, dificilmente acabam atingindo a proporção imaginada. Justamente, talvez seja, pelo fato de criarmos expectativas demais e esperarmos demais.

Eu, por exemplo, como boa fleumática que sou, (mal)acostumada a planejar e calcular cada um dos meus passos, jamais deixaria de programar um destes possíveis “dias mais importantes da minha vida”. Mas isso, até algum tempo atrás…Por que eu, (graças a Deus)  tenho passado por uma transformação in e externa. Tenho pensado e repensado muitas coisas de mim e da minha vida, e me analisado bastante para poder identificar o que há em mim que pode ser mudado, o que deve ser mudado e o que precisa ser mudado. É um caminho longo e tortuoso, porém que creio valer a pena. Mas, falarei melhor sobre isso em um próximo post…Voltando aos planejamentos, o que tenho aprendido é que em boa parte das vezes, o melhor planejamento é não planejar. E é neste não-planejamento que os dias melhores e mais perfeitos acabm por acontecer. Assim, do nada mesmo. Inesperadamente! Surpreendentemente!

Posso passar minha vida esperando ou contando que o dia perfeito pra mim ainda está por vir, escondidinho em um grande acontecimento futuro. Mas, pode ser que o melhor dia da minha vida seja simplesmente um dia em que eu encontrei com um amigo na Paulista, e passei a madrugada conversando com ele, sendo nada nem ninguém além de mim mesma. Sem máscara. Sem maquiagem. E com sono!

Você pode pensar que o dia do seu casamento foi o melhor dia de todos. Mas, e se na verdade, o dia em que você finalmente assinar os papéis do divórcio acabar por ser o dia perfeito? Por te libertar. Por representar um novo tempo, uma nova fase. Por significar anos de brigas e discussões e palavras ferinas findados? Ahn??

Talvez a gente se planeje para que o dia mais importante da nossa vida seja o dia do nascimento do nosso filho. Todavia, e se mais adiante, anos mais tarde, a gente se der conta de que na verdade não foi esse o dia, mas sim um dia em que você passou a tarde brincando com seu/sua filho(a) no Parque, e o viu sorrindo tanto, com tremenda alegria de viver? Ou, mais alguns anos a frente, ainda, o dia perfeito pode ser que seja aquele dia em que você sentou à beira da cama do seu filho, ele já jovem-adulto, e você o aconselhou sobre um problema pelo qual ele está passando?

Há alguns meses atrás, se alguém me perguntasse qual teria sido o meu melhor dia, eu diria 30 de maio de 2008. O dia do meu noivado! Nossa, como eu estava feliz naquele dia. Nossa, como eu me emocionei. Nossa, como eu achava e acreditava que nada nem ninguém poderia destruir aquela minha felicidade e nem aquele amor todo!!!  Hoje, se me perguntarem, posso até fazer o contraponto e dizer que o dia melhor foi o dia em que desmanchei o noivado, tirei a aliança, joguei-a fora.Doeu demais. Ai…e como!! Mas, foi tão…tão definitivo e definidor! Foi tão libertador e aliviador…!

O que eu quero dizer é que a gente de fato nunca sabe quando terá um dia perfeito, e nem qual será esse dia, o melhor dia da sua vida! Aquele dia que você não queria que acabasse nunca! Aquele dia do qual você vai se lembrar pra sempre, quem sabe por todos os outros dias da sua vida!!

Pensando cá comigo mesmo, e tentando puxar pela memória de cada um dos meus dias já vividos ao longo destes 27 (quase 28) anos, eu não sei se conseguiria dizer exatamente e com precisão se já tive o melhor dia da minha vida. Sim, é claro que já tive um dia perfeito. Tive diaS perfeitoS, aliás! Já tive um dia perfeito sozinha comigo mesma. Já tive um dia perfeito em uma viagem. Já tive um dia perfeito de férias. Já tive um dia perfeito no trabalho. Já tive um dia perfeito em que fui pra um show perfeito. Já tive um dia (e uma noite) perfeitos com quem eu vi a cidade lá de cima, e passeei de mãos dadas sem ter pressa nem direção e tomei sorvete pra passar o calor e fui conhecer uma igreja e um templo onde senti uma paz que, creio eu, nunca havia sentido em nenhuma outra ocasião anterior. Mas, o melhor dia. O MELHOR DIA DA MINHA VIDA, acho que ainda está por acontecer. E sabe o que eu quero loucamente fazer? Ficar ligada, atenta, pra saber identificá-lo tão logo seja possível, afim de poder aproveitar cada segundo de cada minuto de cada uma das 24 horas que esse dia vai ter pra me oferecer.

E você? Já viveu o melhor dia de toda a sua vida?

OBS: Isso tudo também vale pro pior dia. O pior dia das nossas vidas também chega sem mandar recado nem avisar…